A história de Oles Berdnyk

Oles Pavlovitch Berdnyk nasceu em novembro de 1926 em uma aldeia rural do Distrito de Kherson. Sua família era humilde, cujo pai era ferreiro e a mãe camponesa. Com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, foi obrigado a servir no Exército Soviético entre 1943 e 1945.

O livro Entre penas e impressos

O tema do livro é a movimentação de exilados político do governo de d. Miguel, irmão de d. Pedro I, pela Europa. Muitos deles tiveram como destino final o Brasil. O objetivo foi investigar o exílio liberal de Portugal direcionado para as terras brasileiras, principalmente na cidade do Rio de Janeiro, tendo como fio condutor a trajetória dos exilados

Vasyl Stus: entre poesias e prisões

Neste texto, vou falar sobre Vasyl Stus, conhecido por ser poeta, tradutor, crítico literário, jornalista e membro ativo do movimento dissidente ucraniano contra o Regime Soviético. Além das áreas de atuação, ele é conhecido pela sua bravura por não se curvar perante a URSS e a KGB em meados do século XX

A exilada brasileira, Danda Prado

Hoje vou falar sobre Yolanda Cerquinho Prado, conhecida como Danda Prado, exilada brasileira durante a ditadura militar, que aconteceu de 1964 a 1985, e um dos grandes nomes dos feminismos no exílio. Danda fundou o Grupo Latino-Americano de Mulheres em Paris em 1972, o primeiro grupo feminista latino-americano do exílio. Já escrevi um texto para o blog […]

Círculo de Mulheres Brasileiras em Paris

No texto de hoje, falarei sobre o Círculo de Mulheres Brasileiras em Paris, criado em meados da década de 1970, por exiladas brasileiras que compunham, em sua maioria, organizações de esquerda e almejavam refletir sobre gênero e classe no contexto das ditaduras militares na América Latina. O grupo tinha como texto base o documento chamado […]